17 outubro 2011

Greve dos professores no Pará é Cultura!

Mais um ano chega e novamente se deparamos com a greve dos professores, no Pará greve já se tornou cultura, todos os anos acontece e são sempre as mesmas reinvindicações. 
Nesse ano os docentes cobram do governo do Estado o pagamento do piso nacional da categoria, que está em R$ 1.187.A diferença salarial dentre o que é pago atualmente aos educadores da rede pública estadual em relação ao piso nacional é de R$ 97até o momento o governo do Estado sinalizou com um aumento de R$ 27 no vencimento base dos professores.

 O governo do Estado confirmou que não existi previsão orçamentária para o implante do piso nacional no Estado em 2011, mas que o executivo não se recusa a pagar essa diferença. O governo afiançou ainda que esse mês o salário dos instrutores paraenses já será pago com base no novo PCCR. Além disso, o governo afirmou que 75% dos professores do Estado são de grau superior e  embolsam, em média, R$ 3,8 mil mensalmente. Os docentes de nível médio recebem, segundo o governo paraense, cerca de R$ 2,3 mil. Nestes valores estão incluídas gratificações aos docentes concedidas pelo governo.


É uma falta de vergonha tanto do governo, quanto dos professores, pois quem sai prejudicado nessa longa história, somos nós estudantes que almejamos por uma educação melhor, por uma universidade e para chegarmos lar é preciso estudo. O que nos resta agora é usar "mamãe mandou" no ENEM, PRISE,PROSEL e nos demais vestibulares.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares